quinta-feira , 17 agosto 2017
Home >> Android >> 5 motivos para não usar o Snapchat

5 motivos para não usar o Snapchat

Com certeza, você já viu alguém usando Snapchat, ainda mais se você tem amigos mais novos. O aplicativo, que permite aos usuários compartilhar imagens e vídeos que só podem ser vistos por alguns segundos (ou 24 horas no máximo), se tornou bastante popular entre o público mais jovens.

A espontaneidade é justamente um dos motivos dessa preferência: por serem tão efêmeros e curtos, os vídeos e as imagens compartilhados por essa rede costumam ser mais próximos da vida real do que mensagens cuidadosamente escritas e fotos montadas para o Facebook ou o Instagram, por exemplo. O fato de que elas nunca duram mais de 24 horas também contribui para isso, assim como o grande número de truques secretos que o aplicativo esconde..

Sem dúvida, há muitos motivos para se experimentar o aplicativo, que traz um novo formato (as Histórias) e uma nova linguagem (que combina vídeo, imagens, emojis e texto) – nós inclusive já falamos sobre eles. No entanto, o Snapchat ainda tem alguns problemas que o tornam mais difícil de recomendar. Veja a seguir alguns deles:

Bateria

Um dos maiores problemas dos smartphones atuais é a duração de suas baterias, e o Snapchat não faz nada para ajudar nesse sentido. O aplicativo, inclusive, é um dos que mais consome bateria segundo uma pesquisa realizada pela AVG – o segundo colocado, aliás, atrás apenas de um aplicativo da Samsung. Um dos motivos para isso é que, sempre que ele é ativado, ele usa as câmeras, a rede de dados móveis e o GPS do smartphone ao mesmo tempo.

Dados

Se o seu contrato com a operadora não prevê o uso ilimitado de redes móveis e você baixar o Snapchat, pode começar a rezar para Nossa Senhora do Plano de Dados. A mesma pesquisa da AVG colocou o Snapchat em terceiro lugar entre os aplicativos que mais consomem dados – atrás apenas de Tumblr e Netflix – e em primeiro lugar com relação ao impacto total na performance do smartphone. O “modo viagem”, que impede que o aplicativo use redes móveis para baixar atualizações dos seus contatos, é desligado por padrão – o que mostra que o aplicativo não está preocupando em economizar dados e nos leva ao ponto seguinte:

Infraestrutura

É claro que é legal poder gravar vídeos da sua vida no momento mesmo em que as coisas estão acontecendo e compartilhar imediatamente com seus amigos. Mas será que a estrutura de rede e o mercado de telefonia móvel do Brasil estão prontos para isso? Uma coisa é usar o Snapchat quando você tem um plano de 4G ilimitado – mesmo que a velocidade dele seja reduzida após certo ponto. Outra coisa bem diferente é correr o risco de que o Snapchat te faça ficar o resto do mês sem poder usar a internet no seu celular (a não ser que você desembolse ainda mais dinheiro – o que inclusive é proibido em diversos estados do país).

Privacidade?

O fato de que as fotos são apagadas dos servidores do snapchat assim que expiram não significa que as suas nudes não podem vazar. Em primeiro lugar, se outro usuário tira print de uma foto sua, você será notificado, mas de qualquer maneira o estrago já está feito. E, em segundo lugar, já aconteceu de 13GB de imagens e vídeos que deveriam ter sido apagados vazarem na internet – o que levanta a questão de quão “efêmeras” são as postagens do Snapchat.

Mistério

Parte da graça do Snapchat é que, quando você recebe um Snap, você não sabe o que é até o momento em que abre. É fácil perceber, por outro lado, que a ausência de qualquer forma de aviso de conteúdo sensível pode levar a ocasiões embaraçosas. O aplicativo tampouco diferencia entre imagens e vídeos, e a grande diferença nesse caso é que os vídeos têm áudio. O conteúdo compartilhado, de qualquer maneira, é bem mais pessoal e privado do que estamos acostumados a ver circular mesmo no WhatsApp ou no Facebook, e é necessário atentar para essa diferença.

About AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.

Check Also

Conheça o Ataribox, novo console da Atari

A Atari finalmente revelou um pouco mais sobre o Ataribox, console que seu CEO, Fred Chesnais, …