sexta-feira , 18 agosto 2017
Home >> Ciência >> Arduino 101 é o primeiro circuito eletrônico com o módulo Intel Curie

Arduino 101 é o primeiro circuito eletrônico com o módulo Intel Curie

Com a chegada dos aparelhos vestíveis, também conhecidos como wearables, a Intel tem investido em novas ideias para levar tecnologia de ponta à indústria e aos consumidores.

Prova disso é um anúncio que ela fez lá no começo do ano, durante a CES 2015: o módulo Intel Curie. O componente do tamanho de um botão promete levar novas funcionalidades a uma variada gama de produtos, o que inclui dispositivos para tarefas específicas e wearables.

Bom, depois de tanto tempo, nesta quarta-feira, a Intel fez um anúncio oficial revelando o primeiro produto a trazer o Intel Curie. Em vez de um vestível, a conferência de imprensa foi especialmente voltada ao anúncio do Arduino 101 (ou Genuino 101), que é um circuito eletrônico capaz de realizar múltiplas tarefas.

Focado principalmente em projetos educacionais e funções menos complexas, o novo Arduino promete mais versatilidade com o Intel Curie, já que agora conta com capacidades de conectividade via Bluetooth, bem como sensores que propiciarão novas formas de interação.

É possível usar o Arduino 101 para controlar outros produtos (como um sistema inteligente de energia elétrica), adicionar comunicação com smartphones, ajudá-lo no dia a dia, aumentar as funcionalidades de um robô e muito mais.

Vale notar que o Arduino 101 é um dispositivo de baixo consumo de energia, o qual opera com valores de tensão entre 7 e 18 volts, mas que necessita de apenas 3,3 volts para o funcionamento do circuito principal. Confira as principais especificações do produto:

  • Bluetooth Smart
  • 14 entradas digitais (com PWM)
  • 6 entradas analógicas (com conversão para digital)
  • Tensão de operação: 3,3 volts (entrada/saída), com tolerância para 5 volts
  • USB: 1 x USB 1.1
  • Energia USB: 5 volts (limitação de corrente em 500 mA)
  • LEDs: 3 x verdes (Arduino, atividade, energia) e 1 x vermelho (indica erros)
  • Tensão total: 7VDC a 18VDC (com máximo de 20 VDC)
  • Corrente máxima: 1 A
  • Sistema operacional: RTOS (Sistema Operacional de Tempo Real)
  • Perfis Bluetooth: GAP, GATT, DIS
  • Sistemas compatíveis: Windows, Mac OS X, Linux
  • Tamanho (L x C x E): 7,0 x 5,5 x 2,0 cm
  • Peso: 25,5 g

Intel Curie System-on-Module

  • Chip: Quark SE
  • Arquitetura: IA 32-bit
  • Processador de sinal: clock de 32 MHz
  • Hub de sensores: clock de 32 MHz
  • Rede neural: 128 nós
  • SoC Bluetooth: Nordic nRF51822
  • Memória RAM: 80 kB
  • Memória FLASH: 384 kB
  • Acelerômetro: 6 eixos

Durante a conferência da Intel, Massimo Banzi, desenvolvedor do Arduino, comentou que o produto tem uma documentação técnica simples, já que ele foi concebido para facilitar o design de projetos. Dessa forma, o circuito é voltado para estudantes, bem como profissionais e interessados em desenvolver aparelhos com funções inusitadas.

Banzi ainda ressalta que uma configuração de hardware poderosa nem sempre é sinônimo de versatilidade. O Arduino 101, por exemplo, tem componentes limitados, mas realiza tarefas de forma exemplar, já que ele é projetado para desempenhar funções bem específicas.

De acordo com o documento oficial da Intel, o Arduino 101 será lançado no primeiro trimestre de 2016. O preço sugerido é de US$ 30, sendo uma opção bem mais acessível do que o Intel Galileo e o Intel Edison, mas lembrando que este novo componente tem um foco diferenciado, ou seja, ele é voltado para projetos mais simples.

About AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.

Check Also

AMD promete lançar processadores ‘tremendamente mais potentes’ que os da Intel

AMD promete lançar processadores 'tremendamente mais potentes' que os da Intel