sábado , 19 agosto 2017
Home >> Android >> Entenda o que é root no Android, suas vantagens, riscos e como fazer

Entenda o que é root no Android, suas vantagens, riscos e como fazer

Veteranos do Android já conhecem há anos a palavra e o significado de “root”, mas nem todos os usuários estão familiarizados com o conceito e, principalmente, com os benefícios e riscos envolvidos no processo.

Fazer o root no seu aparelho significa se tornar um superusuário, ou adminstrador do sistema. Isso significa ter acesso a partes do Android que antes ficavam inacessíveis para um usuário comum. Sim, a grande vantagem é ganhar controle total do seu celular e do seu sistema operacional.

Assim, é possível fazer alterações no sistema operacional que antes eram impossíveis, como modificar o clock do processador, apagar aplicativos que antes eram fixos no sistema, como os bloatwares embutidos no sistema pela fabricante ou pela operadora. É possível até mesmo ganhar um pouco mais de bateria por ser possível remover processos desnecessários e alterando o desempenho de componentes.

O processo de root também abre espaço para a instalação de diferentes ROMs no celular. Se a fabricante do seu aparelho parou de atualizar o smartphone no Android 6.0.1, a comunidade de usuários pode se juntar para fazer o trabalho que a empresa não quis fazer e adaptar a versão mais recente do Android para o seu aparelho não-oficialmente.

E os riscos?

A vantagem também pode ser uma maldição se você não souber o que está fazendo. Como o root dá controle total ao usuário, todos os arquivos importantes do sistema ficam totalmente expostos e podem até mesmo ser excluídos, o que pode causar a inutilização do aparelho. O processo de realização do root também não é imune a falhas e também pode causar o “brick” do celular, transformando-o em, basicamente, um tijolo inútil.

O outro risco é uma questão de segurança. O Android limita o acesso a configurações tão fundamentais por dois motivos: risco de o usuário fazer besteiras com o superpoder e, talvez mais importante, o risco de um vírus assumir o domínio do aparelho definitivamente. Por mais que saibamos que aplicativos maliciosos existem no Android e afetam celulares mesmo que não tenham root, quando você retira as restrições é quando os vírus realmente podem causar estrago, instalando-se permanentemente em áreas antes inacessíveis que permitirão que ele fique praticamente para sempre.

Além disso, a modificação do sistema operacional é uma violação do contrato de garantia com operadoras e fabricantes. Embora isso não seja crime, a ação anulará qualquer possibilidade de reparo, a menos que ela seja desfeita.

Por fim, você não receberá mais atualizações oficiais via OTA (over-the-air), que é o download pelo Wi-Fi e instalação automática. Você precisará baixar a ROM oficial do site da sua fabricante e instalá-la manualmente no seu aparelho.

Por isso, é necessário muito cuidado e conhecimento para realizar o procedimento de root.

Como fazer?

Infelizmente, não existe um método único para realizar o desbloqueio do celular, então não há como dar dicas gerais; o melhor a fazer é abrir o Google e procurar pelo processo específico do seu celular. Cada aparelho tem suas próprias peculiaridades, mas existem algumas similaridades no processo de cada aparelho.

1. Faça backup

Você provavelmente vai perder seus arquivos no processo, então é importante salvar tudo o que for mais importante. Guarde na nuvem ou então transfira as fotos e documentos importantes no PC. Não inicie o processo antes de fazer isso.

2. É necessário desbloquear o bootloader

O bootloader é um sistema incluso em todos os aparelhos Android. É um programa ativado quando o celular é ligado para fazer com que o sistema operacional correto seja carregado no processo de ligamento do smartphone.

Algumas fabricantes facilitam o processo, enquanto outras colocam vários empecilhos no processo.

3. Agora é iniciar o processo de root

Como dito, cada celular tem suas próprias instruções, mas existem algumas similaridades. É necessário ter acesso às opções de desenvolvedor do celular, e para isso você precisa entrar em “Configurações”, acessar “Sobre o dispositivo” e tocar rapidamente oito vezes em “Número da Versão” para ganhar acesso às ferramentas de desenvolvedor.

Uma nova opção vai surgir no menu de Configurações, que são as “Opções de desenvolvedor”. Você vai precisar ativar o “Desbloqueio de OEM” e a “Depuração USB”.

As coisas ficam confusas a partir daí. Existem alguns aplicativos que prometem fazer o trabalho sozinhos como o KingRoot e o OneClickRoot, mas é recomendável procurar por instruções específicas para o seu celular de qualquer forma.

About AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.

Check Also

Conheça o Ataribox, novo console da Atari

A Atari finalmente revelou um pouco mais sobre o Ataribox, console que seu CEO, Fred Chesnais, …