sexta-feira , 18 agosto 2017
Home >> Ciência >> Médicos usam realidade virtual em cirurgia de remoção de câncer

Médicos usam realidade virtual em cirurgia de remoção de câncer

O desenvolvimento de tecnologias no ramo da realidade virtual pode trazer não só novos produtos de entretenimento para o mercado, como também grandes avanços para a área da sáude. A Universidade de Medicina de Washington, nos Estados Unidos, criou um óculos que permite realizar cirurgias de remoção de câncer até duas vezes mais eficazes.

A ideia é que, com uma integração inteligente de software e hardware, o óculos permita ao usuário “enxergar” as células cancerígenas no corpo de um paciente na mesa de operação. Desse modo, os cirurgiões podem remover o tecido doente sem afetar o tecido saudável ao redor do tumor.

Segundo o Dr. Samuel Achilefu, professor de radiologia da Universidade de Washington, atualmente, os médicos se apoiam em imagens digitalizadas antes da cirurgia para localizar o tumor no corpo do paciente. Por conta disso, é comum que uma boa parte do tecido removido seja, na verdade, de células saudáveis, já que é muito difícil identificar, a olho nu, quais são as células doentes.

O sistema desenvolvido pela universidade funciona a partir da injeção de uma substância que “tinge” células cancerígenas com uma cor especial. Em seguida, usando uma fonte de luz infravermelha, o tumor “brilha” no visor de realidade virtual. “Assim é possível conservar o tecido saudável e ir apenas atrás daquele que é anormal. O objetivo principal da tecnologia é certificar ao médico de que ele não está fazendo uma cirurgia ‘às cegas'”, explica o Dr. Achilefu.

Por enquanto, o método está em fase de testes, em tratamento de voluntários com câncer de pele e de mama. Em breve, diz o Dr. Achilefu, a tecnologia poderá ser usada para dectar uma grande variedade de tumores.

Via Reuters

About AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.

Check Also

AMD promete lançar processadores ‘tremendamente mais potentes’ que os da Intel

AMD promete lançar processadores 'tremendamente mais potentes' que os da Intel