sexta-feira , 18 agosto 2017
Home >> Curiosidades >> Mini PC em formato de pen drive promete mais segurança e código aberto

Mini PC em formato de pen drive promete mais segurança e código aberto

O USB Armory é pequeno dispositivo criado como uma forma de aumentar a segurança de sistemas diferentes. Ele é tão compacto que não é maior que um pen drive comum e funciona do mesmo jeito.

Ele pode ser conectado a outro computador através de uma entrada USB e, a partir daí, dependendo das necessidades do usuário, ser usado de várias maneiras, como armazenamento de dados criptografados, roteador para Tor, armazenamento de senhas e carteira para BitCoins.

Periférico usa Linux para armazenar dados com segurança (Foto: Reprodução/Crowd Control)
Periférico usa Linux para armazenar dados com segurança (Foto: Reprodução/Crowd Control)

O acessório mede aproximadamente 65 x 19 x 6 mm. Ele é equipado com uma placa Freescale i.MX53 ARM Cortex-A8 de 800MHz e possui 512 MB de memória RAM DDR3, compatibilidade para cartão microSD e um LED que pode ser controlado pelo usuário a vontade.

Ele foi desenvolvido para rodar distribuições de Linux, ou seja, softwares de código aberto. O sistema operacional padrão são as distribuições Debian ou Ubuntu, que são carregadas a partir do cartão SD.

Toda a alimentação energética do Armory é feita através da conexão USB. Uma vez conectado, os usuários podem acessá-lo através de SSH ou como um servidor web privado. A partir deste ponto, os usos dele são ilimitados, mas dependem dos conhecimentos do usuário para serem postos em prática.

Computador usa componentes pequenos e é do tamanho de um USB (Foto: Reprodução/Crowd Supply)
Computador usa componentes pequenos e é do tamanho de um USB (Foto: Reprodução/Crowd Supply)

A Inverse Path, fabricante do Armory, também disponibiliza um adaptador USB, que permite que ele seja usado em conjunto com hubs para conectar outros periféricos, como telas, teclados, mouses ou mesmo dongles para acesso à Internet.

O ponto forte do acessório é que ele pode ser usado como dispositivo extra de segurança, armazenando dados criptografados ou senhas, dificultando que elas sejam roubadas caso ele seja usado mesmo em computadores com pouca proteção.

O grande problema do Armory, por outro lado, é que ele é voltado para pessoas experientes em Linux, já que toda a sua configuração deve ser feita manualmente. Isto acaba afastando o usuário comum, que precisa de uma solução mais simples e intuitiva para seus problemas.

O Armory ainda está em fase de desenvolvimento e deve chegar as lojas a partir de novembro de 2015. O computador já está em pré-venda e pode ser comprado por US$ 130 (cerca de R$ 510). Ele pode vir acompanhado de um cartão SD de 32 GB com Debian pré-instalado ao custo de US$ 30 (R$ 117).

O adaptador USB, por sua vez, sai por US$ 10 (R$ 39) e uma capa de proteção para o stick é vendida por US$ 15 (R$ 60). A entrega pode ser feita no Brasil por um adicional de US$ 5 (R$ 20).

Via Crowd Supply

About AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.

Check Also

AMD promete lançar processadores ‘tremendamente mais potentes’ que os da Intel

AMD promete lançar processadores 'tremendamente mais potentes' que os da Intel