Início >> Geral >> Aprenda a escolher o melhor roteador Wi-Fi

Aprenda a escolher o melhor roteador Wi-Fi

Na hora de comprar um roteador sem fio, duas características principais devem ser observadas: velocidade de acesso e poder de alcance do equipamento. Do ponto de vista da segurança, dá para dizer que todos são equivalentes. Ou seja, com uma configuração bem-feita e com senhas fortes todos os roteadores disponíveis no mercado apresentam praticamente o mesmo padrão de segurança.

Falando da velocidade, é primeiro lembrar a relação que existe entre a velocidade do seu aparelho e a velocidade da sua conexão com a internet.

Ou seja, o seu roteador só vai ser um problema se for mais antiguinho.

Se você nunca ouviu falar desses padrões, a gente explica. O primeiro a se tornar popular foi o padrão “G”, que oferecia velocidade de até 54 megabits por segundo. Em seguida, veio o padrão “N”, atingindo os 300 megabits por segundo. Alguns modelos do padrão “N” trazem a tecnologia MIMO embarcada, o que pode dobrar a velocidade oferecida para o padrão, chegando aos 600 megabits por segundo.

A tecnologia MIMO reúne técnicas de transmissão para sistemas sem fio com múltiplas antenas de transmissão e recepção. Para trafegar informações em canais paralelos, o roteador Wi-Fi “MIMO” traz mais de uma antena instalada, o que aumenta a velocidade e a estabilidade da conexão. Nem sempre as antenas são visíveis, mas é importante saber quantas existem.

Para avaliar o poder de transmissão da antena do roteador, há uma informação normalmente exposta na caixa do produto. O valor é medido pela unidade “dBi”, que define o alcance do sinal de transmissão de dados. Assim, quanto maior a potência indicada, maior será a área abrangida pelo dispositivo.

O padrão de mais recente de roteadores é o “802.11AC”, que triplicou a velocidade de acesso e chega a ultrapassar 1 gigabit por segundo. O padrão “AC” também traz o MIMO incorporado. Mais do que isso, o novo padrão é capaz de realizar múltiplas conexões de alta velocidade e ainda conversa simultaneamente com diversos aparelhos conectados sem qualquer interrupção. Quer dizer, essa nova tecnologia vai se tornar cada vez mais importante, à medida que nossas casas têm cada vez mais aparelhos conectados ao mesmo tempo.

A maioria dos roteadores padrão “N” – hoje os mais populares do mercado – operam na frequência de 2,4 gigahertz ((2,4GHz)). Curiosamente, esta é a mesma frequência utilizada, por exemplo, em fornos micro-ondas, aparelhos de telefones sem fio…o que pode causar interferência no sinal. Para resolver este problema, é comum encontrar roteadores dual band, ou seja, que operam em duas frequências: nos 2,4 gigahertz e também nos 5 gigahertz.

Por outro lado, a principal vantagem da frequência de 5 gigahertz é que ela sofre menos interferência, e o sinal chega mais limpo até os aparelhos. A desvantagem é que a onda de maior frequência se dispersa com mais facilidade – assim a cobertura com o 5 gigahertz pode ficar comprometida.

Mais uma avaliação para acertar na escolha do seu roteador é identificar o tipo de uso que você vai fazer do aparelho. O número de dispositivos que estiver conectado ao mesmo tempo vai compartilhar a velocidade de acesso ao roteador. Câmeras de monitoramento, por exemplo, em função da qualidade de transmissão do vídeo, usam bastante banda não só de internet e também do roteador – e isso deve ser levado em conta na hora de definir a capacidade do modelo.

Os parâmetros para escolher um roteador doméstico são os mesmos em caso de uma pequena empresa. Estes equipamentos normalmente suportam facilmente pelo menos 30 conexões simultâneas. A diferença é quando se pensa em uma solução de conectividade para uma grande corporação…aí a figura muda um pouco; e fica um tanto mais complexa.

Por último, a dica que fica é: depois de avaliar essas questões, tenha em mente que para a maioria das conexões, o padrão “N” ainda dá conta do recado; principalmente os modelos com a tecnologia MIMO. Por enquanto, os modelos padrão “AC”, além de serem mais caros, só são indicados para quem tem uma conexão de banda larga acima dos 100 megabits por segundo – ou para quem tem muitos aparelhos conectados ao mesmo tempo. Fica a dica!

Fonte: Olhar Digital: Aprenda a escolher o melhor roteador Wi-Fi

Sobre AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.
x

Além disso, verifique

4 dicas para aumentar a vida útil do seu SSD

4 dicas para aumentar a vida útil do seu SSD