Início >> Aplicativos >> Relembre 8 programas de computador antigos que marcaram os anos 90

Relembre 8 programas de computador antigos que marcaram os anos 90

Diversos programas de computador marcaram os anos 90. Softwares de troca de mensagem, como o ICQ e o MSN, e ferramentas para baixar música, como o eMule, conquistaram o coração dos usuários, mas deixaram de existir na medida que novas tecnologias foram desenvolvidas.

Para relembrar de alguns programas que fizeram parte da vida daqueles que têm mais de 20 anos, o TechTudo reuniu oito softwares que foram indispensáveis antes de WhatsApp, Facebook, Twitter e outros aplicativos roubarem seus lugares.

Computador Velho (Foto: Pond5)
Relembre programas para computador que faziam sucesso quando você era criança

1. miRC

mIRC foi um dos pioneiros nas mensagens instantâneas dos anos 1990 (Foto: Divulgação/mIRC)
mIRC foi um dos pioneiros nas mensagens instantâneas dos anos 1990

Antigamente, quando ainda não existiam aplicativos de mensagem como WhatsApp e Facebook Messenger, as pessoas conversavam através do mIRC. Criado em 1995 e utilizando o protocolo IRC, o miRC foi um dos primeiros softwares a promover conversas entre milhões de pessoas do mundo todo através da Internet.

Embora tenha sido revolucionário para a época, o miRC não tinha suporte para fotos, ou seja, os usuários se identificavam apenas com o uso de um “nickname”. Em seu auge, a plataforma chegou a ter 150 milhões de downloads, mas logo perdeu espaço para outros serviços de mensagem.

2. Netscape

O navegador Netscape foi um dos pioneiros no serviço (Foto: Divulgação/ Netscape) (Foto: O navegador Netscape foi um dos pioneiros no serviço (Foto: Divulgação/ Netscape))
O navegador Netscape foi um dos pioneiros no serviço

Muito famoso durante a década de 1990, o Netscape foi o primeiro grande navegador de Internet. Com serviços bem avançados para a época, o browser foi responsável pela criação de tecnologias muito utilizadas até hoje, como a SSL (Segurança da camada de transporte) e o Javascript. Apesar de ter tido seu tempo de glória, o navegador foi substituído pelo Internet Explorer e acabou perdendo espaço no mercado.

3. ICQ

ICQ voltou depois de mais de dez anos com versões para smartphones (Foto:Divulgação/ ICQ)
ICQ voltou depois de mais de dez anos com versões para smartphones

Um dos pioneiros entre os mensageiros instantâneos, o iCQ trazia uma proposta inovadora para a época. Criado em 1996, o serviço revolucionou a comunicação rápida entre pessoas online alcançou a marca de 1 milhão de usuários em dois anos. Para usar o ICQ, os internautas ganhavam um número de identificação, o UIN (Universal ICQ Number). Apesar do sucessoem o programa não suportou a concorrência da Microsoft, que incluiu o MSN Messenger no Windows.

Os fãs do ICQ ficaram órfãos do mensageiro por muito tempo, mas em 2014 puderam comemorar o retorno do serviço. Com o mesmo conceito, o programa voltou cheio de novidades e atualizações.

4. MSN Messenger 

Criado pela Microsoft, MSN surge depois do ICQ como forte concorrente (Foto: Divulgação/MSN Messenger)
Criado pela Microsoft, MSN surge depois do ICQ como forte concorrente

Criado pela Microsoft, o MSN Messenger foi um dos programas de mensagens instantâneas que fez mais sucesso no fim dos anos 1990. Lançado em 1999, o software logo ultrapassou o concorrente ICQ e se tornou o líder do segmento no Brasil. Porém, como nada é para sempre, principalmente na tecnologia, os tempos de glória do mensageiro terminaram.

No dia 6 de novembro de 2012, foi feito o primeiro anúncio da descontinuidade do uso do programa, que seria substituído pelo Skype. O MSN chegou ao fim definitivo em 27 de maio de 2013, e as contas dos usuários foram migradas para o Skype, serviço de teleconferências da Microsoft.

5. LimeWire

LimeWire (Foto: Divulgação/archive.org)
LimeWire 

O LimeWire era um software de compartilhamento de arquivos, baseado na Gnutella – rede usada principalmente para a troca de músicas e filmes entre usuários. O programa também tinha suporte limitado para o BitTorrent, com uma versão gratuita e outra paga (LimeWire PRO).

O serviço, que utilizava programas P2P para fazer downloads de arquivos, ficou no ar durante dez anos, até que brigas judiciais com gravadoras americanas desencadearam o seu fim. Em 26 de outubro de 2010, os usuários tiveram que se despedir do programa de compartilhamento de músicas e filmes que marcou os anos 2000.

6. Kazaa

Kazaa foi encerrado por divulgar conteúdos sem permissão (Foto: Divulgação)
Kazaa foi encerrado por divulgar conteúdos sem permissão

Criado em 2001, o Kazaa era um programa de computador para o compartilhamento de arquivos que usava a tecnologia P2P. Com o serviço, os usuários podiam fazer a troca de arquivos de músicas e imagens. O programa fez grande sucesso entre os usuários mas, foi descontinuado por problemas legais.

Em 2009, os desenvolvedores tentaram voltar com um serviço de música legalizado, mas não tiveram muito sucesso. Porém, no fim de 2011, o Kazaa anunciou seu novo aplicativo de streaming na loja da Apple, concorrendo com grandes nomes como Spotify, Rdio e outros fortes candidatos.

7. Ebuddy

Tela inicial do eBuddy Messenger (Foto: Reprodução/Raquel Freire)
Tela inicial do eBuddy Messenger

O Ebuddy é um programa gratuito que permitia acessar a conta de diversos mensageiros da Internet ao mesmo tempo. Com ele o usuário poderia se conectar aos serviços do MSN Messenger, Facebook, ICQ, Google Talk e Myspace, sem precisar fazer a instalação desses softwares. O serviço acabou ficando obsoleto e foi substituído pela nova versão: o eBuddy XMS. O software tem as mesmas funções, mas traz diversas novidades, como a possibilidade de se comunicar por texto, voz, vídeo e enviar imagens e emoticons.

8. eMule

Emule é um tipo de software que utiliza download de arquivos por envio P2P (Foto: Reprodução/TechTudo)
Emule é um tipo de software que utiliza download de arquivos por envio P2P
Criado no ano de 2002, o eMule foi um dos mais populares compartilhadores de arquivo da Internet. A ferramenta surgiu como uma ótima opção para quem gosta de baixar arquivos em redes P2P. Apesar de existir ainda hoje, com versões para Windows e Mac, o programa não tem mais o sucesso que fazia antes e sofre com a influência atual de outros serviços mais poderosos.

Sobre AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.
x

Além disso, verifique

5 mitos do Adwords que você precisa esquecer para fazer sua empresa crescer

5 mitos do Adwords que você precisa esquecer para fazer sua empresa crescer