terça-feira , 22 agosto 2017
Home >> Geral >> Windows 10 X Android X iOS: veja a comparação dos três tops de linha

Windows 10 X Android X iOS: veja a comparação dos três tops de linha

Ontem, a Microsoft anunciou seus novos smartphones, os Lumia 950 e 950 XL. Os aparelhos são consideravelmente mais potentes que a maioria dos Windows Phones atualmente disponíveis no mercado e serão os novos tops de linha da Microsoft. Com isso, serão eles que representarão a versão móvel do Windows 10 contra Android e iOS.

Aproveitando a oportunidade, resolvemos colocar lado a lado as especificações do Lumia 950 XL, o porta-estandarte do Windows 10, com os principais representantes dos outros dois sistemas operacionais: o iPhone 6S Plus, atual top de linha da Apple, e o Huawei Nexus 6P, o novo aparelho com Android puro lançado pelo Google em parceria com a fabricante chinesa.

Lumia 950 XL

Iphone 6S Plus

Nexus 6P

Processador

Snapdragon 810 quad-core 1,5GHz e quad-core 2GHz

Apple A9 1,84 GHz

Snapdragon 810 quad-core 1,55GHz e quad-core 2GHz

RAM

3 GB

2 GB

3 GB

Tela

5,7’ AMOLED 2560×1440

5,5’ 1920×080

5,7’ AMOLED 2560×1440

Câmera

20 MP traseira, 5 MP frontal

12 MP traseira, 5 MP frontal

12 MP traseira, 8 MP frontal

Memória

32GB, com slot para cartão microSD

16, 64 ou 128GB sem slot para cartão microSD

32GB, 64GB ou 128GB sem slot para cartão microSD

Bateria

3300 mAh

2915 mAh

3450 mAh

Preço

US$ 650

US$ 750 – 950

US$ 500 – 650

 

Hardware

O que fica evidente ao olhar a tabela com as especificações de cada um dos dispositivos é a disparidade entre as arquiteturas dos sistemas da Apple e de seus concorrentes. Porém, é bom ressaltar que o fato de o processador A9 do iPhone 6S Plus ser apenas dual-core, contra os oito núcleos dos processadores de seus dois concorrentes, não significa necessariamente que ele seja muito mais lento que os outros.

O mesmo vale para a diferença entre seus 2GB de RAM e os 3GB de seus concorrentes: a performance depende mais de como o sistema utiliza esses recursos do que dos recursos em si. Ainda assim, o iPhone é o mais caro dos três, ao mesmo tempo em que possui os componentes menos ágeis. Ou seja, a conclusão mais óbvia é que os consumidores da Apple não pagam apenas pelo desempenho. A comparação é elogiosa também para o Nexus 6P, que consegue oferecer praticamente a mesma configuração do Lumia 950 XL pelo mesmo preço.

Tela e câmera

Em termos de tela, é difícil não considerar que o dispositivo da Apple fica um pouco para trás. Embora a fama da empresa da maçã de produzir belos displays seja conhecida e justificada, ela acaba perde tanto no quesito tamanho quanto no quesito resolução. Além disso, ele também é o único dos top de linha a não possuir um display AMOLED, que oferece pretos mais profundos e ajuda a economizar bateria.

Com relação às câmeras, a questão já não é tão clara. A câmera dos iPhones 6 e 6 Plus figurava com frequência entre as melhores disponíveis em smartphones, mesmo só tendo 8MP (contra 16MP ou às vezes até 20MP de seus concorrentes). O aumento de 50% na pixelagem da câmera deve manter a Apple no pódio por mais um tempo, embora os 20 MP de câmera do 950 XL – com lentes Carl Zeiss –  devem continuar a oferecer a primazia à linha Lumia. Quanto ao Nexus 6P, a câmera sempre foi um ponto fraco, e por mais que o Google tenha prometido que essa seria a melhor câmera já presente em um Nexus, a empresa ainda precisa percorrer um caminho para se equiparar aos concorrentes.

Armazenamento

O grande vencedor nesse quesito é o aparelho da Microsoft, que possui slot para cartão SD além de seus 32GB de memória interna. Trata-se de um diferencial importante que permite aos fãs da marca evitar pagar muito mais por armazenamento.

Tanto o Nexus 6P quanto o iPhone 6S Plus utilizam apenas a memória interna do aparelho. A Apple optou por manter o modelo de 16GB, que praticamente obriga seus usuários a investirem em espaço no iCloud. Considerando-se que o modelo de 128GB do iPhone 6S Plus custa US$100 a mais que o modelo de 128GB do Nexus 6P, o dispositivo da Apple acaba sendo o que oferece menos opções de armazenamento aos seus usuários.

Bateria

Não há como avaliar o desempenho das baterias dos dispositivos sem vê-los em uso. Em geral, quanto mais potente o smartphone, maior deve ser a capacidade de sua bateria para fazê-lo durar um dia inteiro. Dadas as especificações acima, no entanto, nenhum aparelho parece se destacar positiva ou negativamente. Teremos que esperar para poder opinar melhor sobre esse quesito.

Preço

A comparação dos preços dos dispositivos é o que se poderia esperar: como de costume, o iPhone é bastante caro, e o Nexus 6P faz justiça à tradição dos Nexus de oferecer bom desempenho por um preço acessível. O top de linha da Microsoft conseguiu se estabelecer numa posição relativamente boa entre os dois, embora seja uma espécie de “novidade”: o potencial do Windows 10 para dispositivos móveis ainda está por ser explorado.

Há que se considerar, contudo, que estamos falando de três aparelhos com sistemas operacionais diferentes (apesar de suas especificações semelhantes), e com certeza essa diferença será tão decisiva quanto o preço dos aparelhos na hora de os consumidores escolherem um deles.

O fato é que cada um dos sistemas operacionais possui, agora, um aparelho capaz de rivalizar fortemente com os demais. Os fãs de um ou outro sistema provavelmente já sabem qual vão escolher.  A grande dúvida é se o mercado dos smartphones vai se tornar mais interessante, agora que a Microsoft dá indícios de querer brigar por espaço entre os dispositivos mais avançados. Por enquanto, o retrospecto não é animador: a empresa detêm apenas 3% de participação mundial e só vai bem mesmo em alguns países emergentes, como o Brasil. No mercado norte-americano e, especialmente, no enorme mercado asiático, as coisas ainda são bem duras para a turma de Satya Nadella.

About AkiTech

Criador e Gerador de Conteúdo do Site KassioInFo e Agora do AkiTech. Analista de Suporte e Entusiasta de Tecnologia e Telecomunicação.

Check Also

4 dicas para aumentar a vida útil do seu SSD

4 dicas para aumentar a vida útil do seu SSD